[Resenha] Revivente, por Ken Grimwood - Editora Gutenberg

E se você vivesse sua vida mais de
uma vez? E mais uma? E mais
uma...

Quando recebi a missão de escolher um dos livros da Editora Gutenberg para resenhar eu tremi na base, pois adoro seus livros, adoro as histórias, adoro as capas e etc, então imaginem como fiquei em dúvida quando tive que escolher apenas umzinho? Sofri de verdade! 
Mas entre tantos títulos ótimos, Revivente me chamou a atenção, primeiro pela sua capa, que eu particularmente acho linda, e segundo pelo fato de poucos parceiros da Gutenberg terem-no escolhido para resenhar e preferirem os livros mais "famosinhos", até fiquei bem receosa, achando que poderia ser ruim, e esse ser o motivo de ele não ser uma primeira opção para os leitores, mas quis encarar o desafio.. E olha, não me arrenpendi de forma alguma, muito pelo contrário.

Sinopse: 

"Jeff Winston é um jornalista de rádio
de 43 anos, que está preso em um
casamento fracassado e um emprego
sem futuro. Ao sentir uma forte dor
no peito, morre instantaneamente.
Momentos depois, acorda em 1963,
em seu quarto da época de
faculdade, com 18 anos novamente, e
lembrando-se perfeitamente de tudo
o que aconteceu. Sem entender o
que está ocorrendo, a única coisa
que sabe são os fatos de sua vida e
do mundo que se repetirão, inclusive
o dia de sua morte. As dúvidas
invadem sua mente: o que fazer
nessa “nova” vida? Cometer os
mesmos erros ou fazer tudo
diferente? Deixar que os grandes
desastres da história aconteçam ou
tentar interferir?"

Uma das grandes surpresas que tive ao receber o livro foi descobrir que Revivente (ou Replay) mesmo que tenha chegado aqui no Brasil em 2014, foi lançado originalmente em 1988, e fiquei curiosa (e triste) ao descobrir que o autor, Ken Grimwood, faleceu em 2003, enquanto escrevia sua continuação :/

Jeff Winston morre subitamente aos 43 anos, e curiosamente acorda em 1963, quando está na faculdade e com seus 18 anos de idade. A princípio tudo parece uma loucura, e ele até imagina estar em uma pegadinha, ou qualquer outra explicação plausível, mas não havia, Jeff estava revivendo sua vida. 


Após se dar conta disso ele passa a lidar com conflitos internos (e externos também), como: Continuar na faculdade de Jornalismo? Sua carreira profissional tinha sido uma fracasso no futuro. Continuar com sua namorada da faculdade? Ele sabia afinal que não se casaria com ela mesmo.. Mas a questão X do livro é que o personagem não "revive" apenas uma vez, sempre que completa seus 43 anos Jeff morre instantânea e misteriosamente mesmo que tente se prevenir, e "volta" novamente para 1963, fato esse que nos trás uma enxurrada de histórias, já que em cada "revivencia(?)" Jeff acaba por fazer tudo diferente.

A Narrativa é boa, o autor tinha talento, não dá pra negar, porém em alguns momentos acabei por me confundir já que de um parágrafo para outro ele acaba meio que "pulando" alguns meses, ou anos, na linha do tempo, e eu não me dava de conta, alguns trechos inclusive tive que reler para compreender que já não estava no mesmo cenário e época de parágrafos atrás.
Os personagens são bem construídos, apesar de que alguns deles só vemos de passagem uma vez ou outra, mas é possível notar que o Grimwood imprimiu bastante essência e vivência em cada um deles.


Jeff é que me intrigou bastante, ele tem um vigor que ao meu ver foi inspirado no do próprio autor, ele soube tirar proveito ao máximo da maioria de suas vidas, entretanto, talvez por ter sido jornalista em sua primeira vida, ele me parecia SABER DEMAIS. Ele sabia a data de tudo, tudinho mesmo, desde empresas que iriam ascender em determinada época, até uma guerra que aconteceu em algum lugar, era como se ele fosse uma enciclopédia humana. Isso me incomodou um pouco já que eu como ser humano, como cidadã, não sou tãaaaaao  ligada assim com alguns acontecimentos, e tenho uma facilidade grande para esquecer datas e episódios do cotidiano, mas talvez tenha sido paranoia de minha parte.

O final foi uma grande incógnita, de verdade, já faz bastante tempo que li, mas ainda estou tentando digerir as linhas finais. Me surpreendeu e ao mesmo tempo decepcionou, mas é difícil explicar sem expor com exatidão os fatos, e vocês não estão aqui para ler spoilers, não é mesmo ?

Por último quero comentar sobre o trabalho da Gutenberg. Primeiramente, preciso dar a maior salva de palmas do mundo pela capa, acho ela sensacional se comparada com a original (que parece mais uma capa de livro didático). As folhas são ótimas para ler, são grossas e não amassam facilmente, não são amareladas como eu gosto, mas não chegam a ser brancas, ou seja: não refletem a luz, o que facilita na leitura. E também não encontrei nenhum erro de edição, está tudo ok nesse quesito.




Minha sentença: Por ter sido escrito na década de oitenta, Revivente apresenta um retrato daquela época, berço do nosso comportamento contemporâneo, mas não chega a ser forçado, na verdade isso causa quase que uma nostalgia (até para quem não viveu naquela época, como eu). Ken Grimwood soube manusear bem o que tinha em mãos, e deixou um legado para nós. É uma obra bem madura, mas não deixa de ser interessante para o público jovem. Indico muito a leitura, e acredito que se você se entregar assim como eu fiz, vai tirar várias lições e talvez até adicionar um novo livro a sua lista de preferidos.

Até a publicação dessa resenha o livro se encontrava em seu preço mais barato no site da Subimarno.com, custando R$24,90.
Link para o produto: Clique aqui.
Também disponível no site da editora: Clique aqui.
Número de páginas: 320.


8 comentários:

  1. A Gutenberg tem cara livro top! Tenho vários deles.. Esse me parece bom, gostei muito da sua resenha :D
    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigadaaa! Os livros deles são tops demaiss, tanta em aparência quanto em conteúdo. Muito obrigada pela visita :*

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa pra ler. A capa é linda mesmo!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima leitura :) Muito obrigada pela visita <3

      Excluir
  3. Não conhecia, mas seu post tá incrível e me deixou interessada!

    Beijos ♥
    www.bloogdabea.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, como é bom ler isso ♥ Muito obrigada!!

      Excluir
  4. Esse livro parece ótimo! Escolher apenas um deve ter sido uma tarefa difícil, mas pelo jeito você escolheu o certo. Beijos ^.^

    Vanessa | http://closetdelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, escolhi sim, e ele é ótimo mesmo >< Beijoooos

      Excluir

Obrigada pela visita ♥
Deixe o link do seu blog para que eu possa conhecer ♥
Comentários do tipo "segue de volta" serão ignorados ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...